TST: Fábrica de biscoitos é condenada por exigir certidão de antecedentes criminais na admissão

A 6ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho reconheceu o dano moral sofrido por um ajudante de produção que, para ser contratado por uma fábrica de biscoitos do Ceará, teve de apresentar certidão de antecedentes criminais e folha criminal. Ao acolher o recurso do trabalhador, a Turma condenou a empresa a pagar indenização de R$ 5.000,00.

Processo relacionado: RR-1124-06.2017.5.07.0033.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social do TST “in” www.tst.jus.br

Voltar